Acordamos super animados para os passeios do dia. O céu estava azul, praticamente sem nuvens e o sol forte anunciava um dia quente, prometendo grandes imagens para nossas matérias. Mas não antes de recarregar nossas baterias com um delicioso café-da-manhã da Pousada Jeribá, onde estamos hospedados.

Café-da-manhã da Pousada Jeribá
Café-da-manhã da Pousada Jeribá

O café-da-manhã é servido no restaurante em frente ao mar, com vista para a Duna do Pôr-do-sol, e parece que pela manhã tem um clima ainda mais aconchegante. Rodeados por um belo jardim, e acompanhados por pássaros de diversas espécies, saboreamos frutas fresquinhas, acompanhados de pães, frios, bolos, torradas e tapiocas feitas na hora. Isso sem falar nas centenas de libélulas bailando no ar deixando a paisagem ainda mais bucólica. Inseto este que faz parte da logomarca da pousada e da história de Jericoacoara.

A vista do restaurante da Pousada Jeribá durante o café da manhã
A vista do restaurante da Pousada Jeribá durante o café da manhã

Passeio de bugue até Tatajuba com a Jeri Dunas

O passeio de hoje nos levará até Tatajuba. Combinamos às 8hs na Agência Jeri Dunas e lá estávamos no horário marcado. O bugueiro já estava nos esperando para começarmos o passeio.

A Jeri Dunas possui roteiros personalizados, pacotes completos, passeios, transfers, expedições off-road e até serviços de hospedagem. Eles são uma agência de viagens e turismo receptivo localizada na Rua Principal de Jericoacoara. Além do bugue e quadriciclos da frota, hoje a empresa expandiu através de outros meios de transportes, como Jipes 4×4 que além de proporcionar viagens confortáveis e seguras, resgatam a aventura de explorar os caminhos que levam a Rota das Emoções.

Agência Jeri Dunas, em Jericoacoara
Agência Jeri Dunas, em Jericoacoara

O passeio de bugue começou seguindo pela praia, sempre acompanhada de dunas enormes. O sol continuava brilhando forte e nossa primeira parada foi na margem do Rio Guriú, próxima a Mangue-Seco, para fazermos um passeio de canoa e conhecermos o berçário dos cavalos-marinhos. Foi bacana pela experiência de ver de perto esses frágeis animais, mas achei bem simples. O custo é de 10 reais por pessoa e tem a duração de aproximadamente 30min.

Em busca dos cavalos-marinhos no Rio Guriú
Em busca dos cavalos-marinhos no Rio Guriú
Cavalo-marinho amarelo, espécie rara
Cavalo-marinho amarelo, espécie rara

Em seguida continuamos de bugue até a vila de Guriú onde fizemos uma travessia de balsa bem parecida com a que fizemos vindo pra Jericoacoara de Land-Rover. Só que dessa vez a balsa cabiam dois bugues de uma vez só. Já do outro lado, seguimos por um pequeno trecho de manguezal que está sofrendo um desmatamento natural devido a aproximação com a água do mar, e logo em seguida um longo trecho de praia, dunas e pequenas vilas de pescadores até chegarmos na Velha Tatajuba.

Travessia de balsa com os bugues
Travessia de balsa com os bugues

Neste ponto é possível observar o poder da força da natureza. Debaixo da duna onde paramos, estava toda uma cidade que foi soterrada pela areia através da força dos ventos. No barzinho onde paramos para escutar as histórias da simpática Dna Delmira ficamos sabendo sobre o seu povo e como foi preciso se adaptar para sobreviverem. Bem a frente do bar ainda é possível ver as ruínas do telhado da antiga igrejinha, além de montinhos de tijolos abandonados, restos de uma civilização.

Dna Delmira conta histórias da Velha Tatajuba
Dna Delmira conta histórias da Velha Tatajuba

Saindo de lá, fomos conhecer a Nova Tatajuba que hoje é uma pequena aldeia de pescadores reconstruída na outra margem do rio. O local paradisíaco, além de belíssimas dunas e mar calmo, oferece também lagoas de águas claras. A vila faz parte da Área de Proteção Ambiental (Parque Nacional de Jericoacoara) e possui um curioso detalhe, que é um único orelhão na cidade, bem ao lado na nova Igreja de São Sebastião.

Continuando nosso passeio, encontramos dunas que estão passando pelo processo de petrificação, formando pequenos castelos duros de areia com formatos curiosos. Em seguida avistamos duas das maiores dunas do Ceará, a Duna do Funil e a Duna Encantada.

Processo de petrificação das dunas em Tatajuba
Processo de petrificação das dunas em Tatajuba

Mas o ponto principal do passeio era mesmo o banho na linda Lagoa da Torta, com suas redes coloridas esticadas entre troncos na água onde podemos relaxar e tomar um sol enquanto nos refrescávamos em suas águas cristalinas provindas das chuvas. Este é um ponto de parada obrigatória e normalmente é onde a turma costuma parar para almoçar e se divertir.

Lagoa da Torta e as redes na água
Lagoa da Torta e as redes na água

Existem diversas atividades que podem ser praticadas por lá, dentre elas o kitesurf, o passeio de caiaque, stand-up, e até uma pequena tirolesa para dar um pouco mais de emoção. Muitos dizem que Nova Tatajuba representa em parte o que Jericoacoara era uns 20 anos atrás, com um forte potencial para o turismo na atualidade. A beleza do lugar consiste da continua mudança da sua paisagem, sendo o vento e as águas os grandes artistas desse paraíso.

É bom demais ficar deitado na rede!
É bom demais ficar deitado na rede!

Aproveito para fazer um alerta neste momento. A comunidade litorânea de Tatajuba infelizmente sofre o interesse das empresas de turismo, pois como o local faz parte do roteiro turístico de Jericoacoara, existe uma luta entre os residentes contra os especuladores imobiliários. Por ser um Parque Nacional e como tal não permite a construção de novos empreendimentos porque toda a área está protegida por leis, então, as praias vizinhas como Preá e locais paradisíacos como Nova Tatajuba são de forte interesse para o desenvolvimento do turismo nesta região. É correto desenvolver o turismo, mas não é certo destruir todo este patrimônio natural que faz parte do Parque Nacional de Jericoacoara. Vamos ficar atentos ao crescimento ordenado e contamos com a ajuda de todos para que isso ocorra da melhor forma possível.

Na volta fizemos exatamente o mesmo trajeto, com uma diferença na parte final, onde já chegando em Jericoacoara passamos bem ao pé da Duna do Pôr-do-sol, vendo-a de um ângulo completamente diferente. No total o passeio tem em média 5 horas de duração e vale super a pena.

O contraste das dunas e o verde abundante
O contraste das dunas e o verde abundante

Um pouco mais sobre a Pousada Jeribá

Na volta a pousada descobrimos que a Inge fez o check-in assim que saímos para o passeio. Para quem não leu o relato de ontem, nossa amiga mineira estava insatisfeita com a pousada que estava, pagando praticamente o mesmo preço por um quarto pequeno, sem iluminação e com cheiro de mofo. Após breve conversa ontem à noite enquanto jantávamos no Restaurante Leonardo Da Vinci, ela resolveu visitar a Pousada Jeribá, onde estamos hospedados, e decidiu se mudar para cá.

Piscina da Pousada Jeribá
Piscina da Pousada Jeribá

Ficamos muito felizes em ver que nosso trabalho de divulgação dos parceiros é extremamente eficiente antes, durante e depois de nossa passagem pelos estabelecimentos. Sejam eles hotéis, pousadas, agências, restaurantes, lojas, etc.

Enquanto fazia umas fotos externas da pousada, encontrei a Inge trabalhando em seu laptop, confortavelmente deitada em uma das cadeiras do jardim em frente à praia, aproveitando todo aquele visual inspirador. Combinamos de assistir ao pôr-do-sol na duna e fui curtir a piscina e a hidro para relaxar um pouco.

Nossa amiga Inge desfrutando do Wi-Fi grátis da Pousada Jeribá
Nossa amiga Inge desfrutando do Wi-Fi grátis da Pousada Jeribá

O pôr-do-sol visto da Duna do Pôr-do-sol

Nessa época do ano, o sol em Jericoacoara costuma se pôr as 17:30, mas o indicado é começar a ida para a duna um pouco antes para pegar um lugar bacana mais pra beirada e assistir também os praticantes de “ski-bunda” ou sandboard darem suas manobras radicais durante a descida.

De longe (e de perto também) a impressão que temos é de uma procissão, ou como muitos falam um formigueiro, com centenas de pessoas subindo a duna para encontrar seu local ideal, aguardando pelo momento mais esperado do dia onde irá registrar imagens belíssimas deste espetáculo.

Aos poucos as pessoas vão chegando para assistir ao pôr-do-sol
Aos poucos as pessoas vão chegando para assistir ao pôr-do-sol

É legal ver as pessoas sentadas, conversando e apreciando uma das vistas mais incríveis que já vi. Em Jericoacoara o sol se põe no mar, e é para ele que todos ficam olhando. Alguns pensando na vida, outros namorando, fotografando os garotos rolando pela duna ou ainda apreciando as acrobacias dos corajosos “surfistas de areia”.

O mágico momento que o sol toca o mar
O mágico momento que o sol toca o mar

Eis então que o grande astro rei aproxima-se da água e ao encostar parece que tudo muda de cor. O céu adquire uma tonalidade nunca antes visto em lugar algum contrastando com o mar avermelhado e as nuvens mudando de posição com a leve brisa que estava neste momento. Qualquer coisa que esteja entre nós e ele torna-se foco de atenção e compõem belas fotos neste cenário mágico e encantador. São praticantes de kitesurf, windsurf, velejadores e barcos voltando de mais um dia de trabalho em alto mar.

A mistura de cores no céu após o pôr-do-sol
A mistura de cores no céu após o pôr-do-sol

E por fim uma salva de palmas como em qualquer ponto turístico onde o pôr-do-sol é um dos momentos mais comentados dos guias e revistas de turismo, ou recomendados por quem esteve lá e já presenciou tamanho encanto da natureza.

Na descida, em frente à rua principal, ainda encontramos uma roda de capoeira que junto com o anoitecer ganhou um toque todo especial, misturando o gingado dos capoeiristas com os flashes dos turistas.

De volta para a Pousada Jeribá ainda aproveitamos para tomar o delicioso chá da tarde que ainda estava sendo servido (vai até as 19hs), mais uma vez acompanhados por grupos de libélulas e turistas que preferiram assistir dali mesmo ao pôr-do-sol. Em seguida mais um banho de piscina e hidro e voltamos para o quarto para nos arrumarmos e sairmos para jantar.

Roda de Capoeira na praia ao cair da noite
Roda de Capoeira na praia ao cair da noite

Jantar no Restaurante Pimenta Verde

A noite decidimos conhecer o Restaurante Pimenta Verde que se localiza na esquina da Rua São Francisco com o Beco Doce, no centro de Jeri. Eles oferecem uma gastronomia simples, mas refinada, elaborada com produtos frescos e de qualidade, sendo seus pratos principais caprichados nos frutos do mar. Mas você também pode optar por carnes diversas, massas, petiscos variados e sobremesas.

Restaurante Pimenta Verde
Restaurante Pimenta Verde

Optamos por dois pratos que são alguns dos mais concorridos da casa: o Peixe a Chinesa e o Peixe Grelhado com Salada. Ambos estavam divinamente temperados e bem servidos. O ambiente rústico do lugar e a iluminação suave fazem do Restaurante Pimenta Verde uma excelente opção para se degustar a gastronomia regional e internacional de Jeri.

Durante o dia também é possível provar uma variedade de pratos executivos, além de pães e conservas caseiras. A noite é um lugar bastante aconchegante para degustar vinhos e licores, conversar com amigos ou curtir um momento a dois.

Nossos pratos: Peixe a Chinesa e Peixe Grelhado com Salada
Nossos pratos: Peixe a Chinesa e Peixe Grelhado com Salada

Antes de voltar para a pousada, ainda demos uma volta pela vila para sentirmos um pouco do clima e ver um pouco de agito. Mas o dia foi cansativo e o dia seguinte também será. Então retornamos a pousada para cumprir os compromissos virtuais de atualizar twitter e facebook e postar algumas fotos pra galera ver como foi o nosso dia.

Pousada Jeribá
http://www.jeriba.com.br
http://www.facebook.com/profile.php?id=100000988941303

Agência Jeri Dunas
http://www.jeridunas.com
http://twitter.com/#!/jeridunas
http://www.facebook.com/jeridunas.offroad

Restaurante Pimenta Verde
http://pousadadoscorais.tur.br/interna.php?pg=restaurante
https://twitter.com/#!/pcorais

Essa dica foi útil para você? Por favor, então deixe um comentário e compartilhe também nas suas redes sociais. Este blog é feito com muita dedicação e seu apoio/participação realmente nos ajudará a mantê-lo no ar.



TOP 7 DICAS PARA ECONOMIZAR NAS VIAGENS

  • SEGURO VIAGEM - Não faça a besteira de viajar sem um Seguro de Viagem. Na Europa é obrigatório! Faça uma cotação online para ver o quanto é barato viajar tranquilo. Pague no cartão de crédito em até 12x ou com desconto no boleto bancário. Use nosso cupom: VIAGENS5 para um desconto extra de 5%.

  • HOSPEDAGEM - Somos parceiros do Booking.com que garante os melhores preços de hospedagem em qualquer lugar no mundo! Você reserva antecipado, pode cancelar e alterar quando quiser. Faça a sua reserva através do nosso link.

  • INGRESSOS PARA ATRAÇÕES E PASSEIOS - Reserve on-line suas excursões, atrações e atividades turísticas em todo o mundo no Get Your Guide. Ganhe tempo e esqueça as filas! Reserva on-line, rápida, fácil e em Português! É só comprar, imprimir e apresentar na atração. São mais de 34 mil atividades turísticas com os preços mais baixos garantido!

  • CHIP DE CELULAR - Já saia do Brasil com seu Chip Internacional 4G funcionando. Tenha conexão em mais de 140 países para usar o Whatsapp, redes sociais e GPS. Já usamos o chip da EasySIM4u em diversos países e aprovamos.

  • GANHE 130 REAIS! - O Airbnb é a melhor maneira de alugar casas e apartamentos em locais únicos, com preços para todos os bolsos. Ganhe R$130 de desconto na sua primeira reserva acima de R$250. Aproveite!

  • ALUGUEL DE CARRO - Faça aqui sua cotação online entre as melhores locadoras no Brasil e no mundo. A RentCars é nossa parceira e oferece os melhores preços, em reais e sem IOF, com total segurança.

  • NOSSAS EXPEDIÇÕES - Participe das viagens que estamos organizando com nossos leitores! São roteiros exclusivos com o melhor dos destinos e hospedagens selecionadas. Junte-se aos nossos grupos VIPs e vamos viajar juntos.

LEIA TAMBÉM

4 Comentário

  1. Olá, estou cotando empresas de transfer 4×4 de fortaleza para Jeri e estou quase fechando com a Jeri Dunas. É uma empresa confiavel? Voce gostou do serviço deles??
    Obrigada.

    • Oi Marianna, eu fiz alguns passeios em Jeri com eles e gostei muito. Sei que a empresa trabalha com carros 4×4 para esse transfer Fortal-Jeri em dois roteiros: pelo asfalto ou pelas praias. Se puder optar, faça pelas praias. É um passeio de dia cheio que vale muito a pena. Eu fiz com outra empresa, mas tb confio no trabalho da Jeri Dunas. 😉

Deixe seu Comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here