Comparamos as 3 principais estações de esqui no Chile para te ajudar na hora de escolher uma delas para a sua viagem de férias com os amigos ou a família. Corralco, Portillo e Valle Nevado vem se destacando entre os brasileiros que procuram uma primeira experiência na neve sem gastar muito.

A convite do Turismo do Chile fomos conhecer e ter experiências completas nessas três estações de esqui: alugando roupas e equipamentos, tendo aulas, subindo e descendo as montanhas, degustando as delícias gastronômicas, relaxando nas piscinas aquecidas, caminhando na neve, e muito mais.

Corralco

A mais nova queridinha das estações sul-americanas, surgida há uma década dentro da Reserva Nacional Malalcahuello-Nalcas, começou a ganhar destaque só depois da abertura de sua primeira hospedagem. E é justamente em torno do Valle Corralco Hotel que o resort de esqui se encontra. Neste ano, as novidades ultrapassaram os limites da estalagem com um snow park, utilizado pelos feras do freestyle, um tubing e o aperfeiçoamentos das pistas, que margeiam o Vulcão Lonquimay. A infraestrutura luxuosa e compacta não deixa muitas opções de après-ski, e, talvez esse nem seja o objetivo. A estação se esmera em atender bem quem não sabe esquiar, dedicando aos iniciantes 31% de suas descidas, sendo considerada a melhor pista do Chile para aprender.

Pra quem é: quem quer esquiar com conveniência sem precisar se deslocar muito. Famílias e casais que buscam um ambiente requintado e exclusivo.

Temporada: 18 de junho a 15 de outubro.

Acesso: de Santiago partem voos diretos para o Aeroporto La Araucanía, em Temuco (a 150 km de Corralco), onde há locadoras e serviços de transfer.

Vulcão Lonquimay no Valle Corralco Hotel & Spa - Chile
Vulcão Lonquimay no Valle Corralco Hotel & Spa – Chile
Estação de Ski Corralco - Chile
Estação de Ski Corralco – Chile

Portillo

A combinação de montanhas nevadas com a Laguna del Inca compõe uma das mais lindas paisagens da Cordilheira dos Andes, e é de natureza que se trata a estação, já que não há sequer um centrinho com lojas, bares e restaurantes (externos). Tudo que você precisa tem na estrutura do hotel, inclusive esses três itens mencionados. Considerada a precursora dos resorts de esqui na América do Sul, a estância criada em 1949 não está entre as mais baratas dos Andes, mas devolve o investimento com neve e pistas de qualidade e uma escola de nível internacional.

Pra quem é: praticantes de esportes e amantes da natureza. Grupos de amigos, famílias e aventureiros.

Temporada: de 18 de junho a 1° de outubro.

Acesso: fica a 164 km de Santiago, ou cerca de 2 horas de transfer.

Estação de Esqui Portillo, no Chile
Estação de Esqui Portillo, no Chile
Visto do Hotel Portillo para a Laguna del Inca
Visto do Hotel Portillo para a Laguna del Inca

Valle Nevado

A pouco mais de 1 hora de Santiago, o resort é destino certeiro de muitos brasileiros que nunca viram neve na vida. Mas o cenário coalhado de montanhas, o bom centro de esqui e a variedade de restaurantes, bares e lojas dão fôlego extra para esticar a estadia nos 2860 metros de altitude. Hot tubs, piscina aquecida ao ar livre, caminhadas com raquete na neve, passeios de trenó e um pequeno shopping distraem os visitantes fora das pistas, mas quem está dentro delas aproveita ainda mais. Integrada com as estações vizinhas de El Colorado e La Parva, Valle Nevado multiplica as possibilidades de descida. Instrutores fluentes em português, gôndolas fechadas com wi-fi e uma boa quantidade de máquinas para fabricar neve quando o tempo não colabora têm reflexos positivos na experiência de esquiadores iniciantes e avançados.

Pra quem é: quase qualquer público, dos turistas em Santiago que querem conhecer a neve aos esquiadores experts, passando pelos adeptos do lifestyle na montanha.

Temporada: de 24 de junho a 22 de setembro.

Acesso: embora fique só a 66 km de Santiago, a estrada sinuosa e escorregadia de inverno pede o serviço de um transfer.

Estação de Esqui Valle Nevado, no Chile
Estação de Esqui Valle Nevado, no Chile
Tour de gôndolas pelas montanhas do Valle Nevado
Tour de gôndolas pelas montanhas do Valle Nevado

Comparativo das 3 Estações de Esqui no Chile

Corralco Portillo Valle Nevado
Temporada 18/jun – 15/out 18/jun – 1/out 24/jun – 22/set
Altitude (base) 1480 m 2880 m 2860 m
Altitude (topo) 2870 m 3322 m 3670 m
Área esquiável 500 ha 506 ha 900 ha
Pistas iniciantes 31% 15% 10%
Pistas intermediárias 14% 30% 36%
Pistas avançadas 17% 30% 33%
Pistas experts 38% 25% 21%
Tempo de Santiago 6hs (voo + carro) 2hs (carro) 1:30 (carro)
Sistema All Inclusive Não Sim Não
Aluguel de Equipamentos Sim Não Sim
Escola de Esqui Sim Sim Sim
Lojas Sim Sim Sim
Heliski Não Sim Sim
Piscina interna Sim Não Não
Piscina externa Sim Sim Sim
Gôndolas Não (ski lift) Não (ski lift) Sim
Balada/Bar Apenas bar Sim Sim
Restaurantes Sim Sim Sim
Espaço Infantil Sim Sim Sim
SPA Sim Sim Sim
Atração Natural Vulcão Lonquimay Laguna del Inca Pôr-do-Sol

 

Prontinho! Agora é só decidir qual das estações de esqui no Chile você vai escolher passar suas férias de inverno: Corralco, Portillo ou Valle Nevado.

Agora o seu único trabalho será escolher onde irá se divertir. Depois volte pra contar pra gente onde você escolheu pra esquiar no Chile. Combinado?

Pôr-do-sol no Valle Nevado
Pôr-do-sol no Valle Nevado

* Viajei a convite do Turismo Chile e LATAM para vivenciar as melhores experiências de neve nas estações de esqui do Chile em Corralco, Portillo e Valle Nevado. As opiniões apresentadas aqui são totalmente pessoais.

Booking.com
Priority Pass

4 Comentário

Deixe seu Comentário