Nossa passagem por Port Elizabeth foi bem rápida. Ficamos por lá apenas 2 dias, mas deu pra fazer bastante coisa legal. A cidade é uma das principais da região de Nelson Mandela Bay e é apaixonante, repleta de atrativos naturais e culturais, opções para famílias, grupos de amigos, casais apaixonados ou viajantes independentes que desejam conhecer um pouco mais da África do Sul, em plena Garden Route.

Vou listar abaixo algumas das coisas mais bacanas que vi por lá e fazer alguns comentários sobre eles. Assim vai ficar fácil de montar seu roteiro para conhecer Port Elizabeth, na África do Sul.

1 – SAMREC: centro de proteção aos pinguins

Os pinguins estão bem protegidos na África do Sul. Um dos maiores centros de reabilitação está em Port Elizabeth, é o SA Marine Rehabilitation and Education Centre (SAMREC). Passamos mais de 1 hora por lá conhecendo como ele funciona. Tivemos a chance de adotar um pinguim e ver crianças assistindo uma aula presencial na sede do SAMREC. É uma delícia estar tão perto dos pinguins e poder fotografá-los. Recomendo muito esta visita.

2 – Route 67 na Donkin Reserve

Um museu ao ar livre localizado no coração de Port Elizabeth, com vista para a costa varrida pelo vento está a Donkin Reserve, um pequeno parque que presta homenagem a rica história da cidade. Uma escadaria é o início/fim da Art Route 67 e conduz a parte alta do parque, que tem também um farol, uma bandeira, um grande mosaico e uma pirâmide de pedra com vista para o oceano. Com diversas obras de arte ao ar livre, a Art Route 67 é uma homenagem a Nelson Mandela. Ela vai até o porto contando uma história de luta e vida em 67 peças de arte elaboradas por diferentes artistas plásticos sul-africanos.

3 – Estádio da Copa do Mundo: Nelson Mandela Bay Stadium

A Copa do Mundo de 2010 deixou um grande legado para Port Elizabeth. O Nelson Mandela Bay Stadium foi o primeiro estádio da região a ser construído especificamente para o futebol, já que o rúgbi é bastante popular na África do Sul, o Mandela Bay se destaca por sua arquitetura futurista e pela vista que tem para o belo Lago North End, um dos cartões-postais do país. O que chama bastante atenção é sua cobertura, de dar inveja a muitos estádios do mundo todo.

Estadio-Mandela-Port-Elizabeth-1

4 – RED Location Museum

RED Location é uma das mais antigas cidades negras que se estabeleceram em Port Elizabeth. Sou nome é derivado das casas de ferro corroídas pelo tempo que ficam com uma cor vermelho escura. Tornou-se um lugar de luta durante os anos do Apartheid. Muitos líderes políticos e culturais proeminentes foram nascidos ou viviam em Red Localização. Os visitantes não são tratados como consumidores, mas como participantes ativos.

5 – City Tour no Centro Histórico de Port Elizabeth

A arquitetura é o forte dessa região, com esculturas, estátuas e um pequeno comércio com lojas. É uma área para ser percorrida a pé, sem pressa, entrando nos prédios históricos, conversando com as pessoas e fotografando tudo. A Biblioteca Pública Nacional fica em uma região muito bonita, com prédios históricos, em frente ao Market Square, onde funcionava um antigo mercado do peixe. Não deixe de visitá-la.

6 – Fábrica da Hinterveld

Mohair é reverenciado como um dos recursos naturais sustentáveis ​​mais belos e procurados do mundo. Na Hinterveld esse ouro da natureza é transformado em produtos luxuosos, tais como cobertores, cachecóis, itens de moda, tecidos finos, meias e muito mais. Fizemos uma visita a fábrica e aproveitamos para comprar alguns produtos com ótimos preços no fim do passeio.

Dica extra para mais 1 ou 2 dias

Se tiver algum tempo a mais, não deixe de ir ao Addo Elephant National Park. Ele é totalmente integrado na paisagem regional, trabalhando na preservação da vida terrestre e biodiversidade marinha. Lá é possível ver os Big Seven (Big Five + 2) em safáris e campings de luxo, e uma das maiores populações de elefantes da África. Dá uma olhada nesse vídeo pra ver o que te espera por lá.

Infelizmente eu não fui ao Addo Elephant National Park, mas ele já está na minha lista de desejos para eu fazer quando voltar a África do Sul. Fica a aproximadamente 6 horas de carro de Port Elizabeth. O interessante é se hospedar em algum hotel de selva e ficar 2 ou 3 dias por lá fazendo os passeios.

Dica de Onde se Hospedar

No5-Boutique-Art-Hotel--Port-Elizabeth-1Ficamos hospedados no N.5 Boutique Art Hotel, um hotel boutique incrível. Os quartos são enormes e são em uma casa mesmo, com quartos, salas, cozinha, piscinas e muito mais. Ele fica uma região residencial e a uma quadra da praia. Mas você pode pesquisar outros hotéis em Port Elizabeth.

A cidade é muito bem preparada para o turismo. Não foi a toa que sediou um dos jogos da Copa do Mundo na África do Sul. Ainda estamos fazendo um review completo deste hotel. Aguardem.

Observação importante

Visitei Port Elizabeth em Maio e fazia muito frio. A baixa temperatura é ainda mais acentuada com a força dos ventos. Portanto se for nesta época, leve um bom agasalho que proteja tanto do frio quanto do vento.

CityTour-Port-Elizabeth-8

* A viagem para a África do Sul é a convite do South African Tourism para fazer parte da campanha #MeetSouthAfrica que é apoiada e gerenciada pelo iAmbassador. O Trilhas e Aventuras mantém total controle editorial de todo conteúdo publicado neste site.

Booking.com
Priority Pass

3 Comentário

Deixe seu Comentário