Quem nunca sonhou em ver a Aurora Boreal na Islândia? Este incomum fenômeno físico atrai diversos viajantes aos países próximos aos polos magnéticos da terra na expectativa de conhecer um dos mais intrigantes espetáculos da natureza. Como ela não tem hora, data e local marcado para acontecer, além de bom conhecimento é preciso também um pouco de sorte.

Eu tive a oportunidade de ver a Aurora Boreal na Islândia durante uma super viagem com os amigos da Fora de Foco Expedições e posso garantir a vocês que é uma experiência absolutamente inesquecível. Eles sabem TUDO sobre o assunto e são especialistas no destino.

A falta de informação dos viajantes é um dos grandes vilões para o insucesso da viagem. Muita gente acha que é só chegar lá, puxar uma cadeira na varanda do hotel e aguardar ela aparecer. Não é bem assim que acontece. É preciso sair da zona de conforto, fugir dos grandes focos de luz (ex: grandes cidades) e passar um friozinho também.

Entendendo a Aurora Boreal e como vê-la

A regra é simples: para a Aurora Boreal acontecer é necessário que haja radiação solar atingindo a atmosfera terrestre. E isso ocorre a todo o momento. Porém acontecer é uma coisa, e ver é outra! A intensidade da aurora é que vai determinar se ela será visível ou não. Essa intensidade é conhecida como índice KP, que varia na escala de 1 a 9. Quanto maior esse número, mais forte será a intensidade das luzes que irão brilhar sobre nossas cabeças.

Quanto custa viajar pra Islândia?

Como ver a Aurora Boreal na Islândia?

Desejo de todo viajante que aprecia a natureza, observar uma aurora boreal ao vivo não é uma tarefa fácil. Caçadores desses fenômenos se embrenham na escuridão invernal dos países do extremo norte do planeta só para ter alguns minutos de deslumbre com as luzes coloridas no céu. Hoje em dia as coisas ficaram um pouco “mais fáceis” com sites e apps que te dão com uma antecedência razoável a previsão de Aurora Boreal.

O que esses sites e apps para ver a Aurora Boreal não dizem é “ONDE” e “QUE HORAS” elas vão ocorrer. Pode ser inclusive de dia, porém como vocês já sabem, em dias claros e com muita luz é praticamente impossível ver uma aurora, a não ser que ela seja de nível máximo. Portanto programe todas as suas noites para sair em busca delas, foi o que fizemos com a Fora de Foco Expedições. A insistência nos levou ao sucesso!

Com um bom índice KP previsto, aí agora é só juntar todos os outros fatores: tempo aberto sem nuvens, fase da lua, condições das estradas, força dos ventos, e outros mais. Achou que era fácil? O grande segredo é estar preparado para as oportunidades, e sim, ter um pouco de sorte ao seu lado também ajuda.

Quando ver a Aurora Boreal na Islândia

Diferentemente do Canadá e da Noruega, porém, a Islândia não requer grandes jornadas para a contemplação de auroras. De Setembro a Abril durante o Inverno na Islândia, quando as noites são mais longas nas alturas do paralelo 66 da Terra, as “Luzes do Norte” dão shows nos arredores de Reykjavík.

Essas partículas de ventos solares surgem de repente, nas cores azul, verde, roxa, branca e vermelha, dançando e fazendo a alegria de quem as vê. Nossa viagem foi no meio de Novembro (de 10 a 20/11) e após dias de caçada, fomos presenteados com um dos mais inesquecíveis fenômenos da natureza dançando sobre nossas cabeças.

Onde ver a Aurora Boreal na Islândia

Em toda a Islândia é possível ver a Aurora Boreal, desde que as condições climáticas, índice KP e todos os deuses nórdicos estejam do seu lado. Brincadeira, nem tanto assim, mas se estiverem será ainda melhor. Acho que nos dias que estávamos em Reykjavík todos esses fatores ajudaram para que víssemos uma das mais incríveis auroras já registradas na Islândia.

Inicialmente, nossa viagem pelo sul da Islândia duraria 7 dias, e assim foi, infelizmente, sem nenhum dia de aurora (teve um dia em Hella, porém muito fraca). Nos últimos dias em Reykjavík recebemos a notícia que uma forte aurora iria acontecer nos dias seguintes.

Pensei: “Vim do Brasil para realizar um sonho na Islândia e não irei embora sem que isso aconteça. Preciso ver a Aurora Boreal!”

Sem pensar muito, eu e outros membros da Fora de Foco Expedições corremos pra frente do primeiro computador e trocamos todas as passagens (nem pergunte quanto paguei por isso) para 3 dias depois. Fizemos check-out do hotel e pegamos uma casa pelo Airbnb. Tivemos que adiar a viagem, lógico.

Foi um risco que corremos, pois ainda assim teríamos que contar com um pouco de sorte para o clima estar perfeito, sem nuvens, sem Murphy, etc. O índice KP esperado era entre 5 e 7. Ou seja, seria MUITO forte. E graças a Deus, assim foi. As fotos falam por si.

Como já estávamos em Reykjavík optamos em ficar nos arredores da cidade. O melhor lugar que encontramos foi no Grótta Lighthouse. Depois descobrimos que é pra lá que algumas agências levam os turistas para ver a Aurora Boreal (cobrando quase 100 euros por pessoa).

O Grótta Lighthouse possui um cenário magnífico para composições fotográficas. O farol fica numa península com vista para a baía de Reykjavík, montanhas cobertas de neve e a cidade bem ao longe. De lá também é possível ver a Imagine Peace Tower. Em noites de pouco vento, o céu é refletido no mar e em poças formadas entre as rochas. Que tal?

Como disse, insistimos tanto para ver a Aurora Boreal que fomos presenteados com momentos inesquecíveis na Islândia. Ela chegou meio tímida, mas aos poucos foi tomando forma e fechou um cinturão de 180 graus, de horizonte a horizonte, cortando todo o céu. Agradeço todos os dias aos amigos da Fora de Foco Expedições por ter me proporcionado essa experiência.

Queria ter registrado isso com minha câmera 360º, mas infelizmente ela caiu em cima de uma pedra e quebrou o vidro durante umas fotos que eu estava fazendo de um hotel na Islândia. Já pensou se eu consigo fazer essa foto? Teria sido incrível. Mas um dia quem sabe eu volto para repetir esse sonho.

* O projeto de Caçada a Aurora Boreal na Islândia foi um convite da agência Fora de Foco Expedições ao portal Trilhas e Aventuras. Agradecemos aos apoiadores dessa grande aventura: Loja Benevento, EasySim4u e Blue Car Rental.

Booking.com
Priority Pass

LEIA TAMBÉM

Deixe seu Comentário