Início Expedições Expedição Jalapão e Serras Gerais “Encantos do Cerrado” – 2021

Expedição Jalapão e Serras Gerais “Encantos do Cerrado” – 2021

👉 SEJA AVISADO QUANDO LANÇARMOS NOSSAS EXPEDIÇÕES ANUAIS

Topa ir comigo na Expedição Jalapão e Serras Gerais “Encantos do Cerrado”? Montei o roteiro mais completo que você já viu para conhecer alguns dos lugares mais incríveis dos Cerrado Brasileiro: o Jalapão e as Serras Gerais.

Este é um Roteiro de 12 dias no Jalapão e Serras Gerais por entre fervedouros, dunas, cânions, veredas, lagoas, cachoeiras e muito mais. Iremos explorar cada cantinho secreto de um dos biomas mais impressionantes do Brasil, e viver experiências inesquecíveis que só esses destinos podem proporcionar. Nessa viagem você conhecerá diversos paraísos com todo o conforto e segurança, em veículos, experiências, restaurantes e pousadas testadas e selecionadas por mim.

Durante a Expedição Jalapão e Serras Gerais “Encantos do Cerrado” acompanharei os grupos pessoalmente para garantir a qualidade da prestação de serviço. Além disso, darei dicas valiosas de fotografia, levando todos nos principais pontos do roteiro para que façam suas fotos “instagramáveis” em lugares paradisíacos. Assim você já pode ir postando em suas redes sociais e enviando para os amigos e familiares. Que acha? Vai ser uma linda viagem nesse Roteiro de 12 dias no Jalapão e Serras Gerais! Vamos?

Datas da saída:
GRUPO VIP – de 01 a 12 de Maio de 2021
ENCERRADO!

Obs 1: Nossa expedição do Jalapão e Serras Gerais tem início e término em Palmas (TO).
Obs 2: Cadastre-se e seja avisado sobre o novo roteiro, datas e valores para as próximas Expedições.

LIVE com tudo sobre a Expedição Jalapão e Serras Gerais

Roteiro completo – Expedição Jalapão e Serras Gerais

1º Dia – Palmas / Pindorama / Natividade (SERRAS GERAIS) – Saída de Palmas às 07hs com destino a Lagoa do Japonês (206km asfaltado e 35,1km estrada de chão – Duração média da viagem é de 03h30), almoço em restaurante próprio da Lagoa do Japonês (não incluso) e início da tarde para aproveitar o local. Às 15h saída com destino a Natividade (70 km estrada de chão e 20km asfaltado, duração média da viagem é de 01h30) para um Café Colonial na tia Naninha às 16:30hs. Saída e check-in no Hotel Serra Geral. Noite livre para curtir a cidade e visitar o Restaurante Casarão, igreja das ruínas e barzinhos locais. Pernoite em Natividade com Café da manhã.

2º Dia – Natividade / Almas / Dianópolis – Saída de Natividade às 08hs com destino a Serra Negra em Almas (80km asfalto e 70km estrada de chão – Duração média de viagem é 03h), e já chegaremos para o almoço feito no fogão a lenha do Seu Davi e Dona Antônia (Não Incluso). Às 12h30 iremos para a Cachoeira do Urubu Rei e Cachoeira da Cortina onde faremos uma leve trilha para em seguida um banho nas cachoeiras. Ao entardecer é feita a ancoragem na parte da cima da Cachoeira da Cortina, e às 18hs sairemos de Serra Negra com destino a Dianópolis (70km estrada de chão, 43,6km asfaltado, duração média da viagem é 2h40 ). Chegada e check-in no Mosaico Hotel. Sugestão de jantar (não incluso) na Pizzaria Delícias da Charlot ou Esconderijo Bar.  Pernoite em Dianópolis com café da manhã.

3º Dia – Dianópolis / Aurora do Tocantins – Saída de Dianópolis às 07h com destino a Aurora do Tocantins (167km asfaltado, duração média de viagem é 2h30) para conhecermos o Rio Azuis, o terceiro menor rio do mundo. Às 12h sairemos para o almoço no Restaurante Agenda 21 (não incluso) e às 13h30 deslocamento e visitação a Prainha do Puçá ou Prainha do Pequizeiro. Iremos conhecer também a Cachoeira da Sombra e o Balneário Municipal Douradas. No fim da tarde faremos check-in na Pousada Agenda 21 com noite livre para jantar (não incluso) no restaurante da pousada ou outros restaurantes e bares pelas redondezas. Pernoite em Aurora do Tocantins com café da manhã.

4º Dia – Aurora do Tocantins / Dianópolis – Saída da Pousada às 8hs e deslocamento até a Cachoeira do Betim. Nosso almoço (não incluso) será no restaurante próximo ao atrativo e às 12h faremos um deslocamento até o início da trilha para as Cachoeiras do Bacupari. Às 16h sairemos de Aurora do Tocantins com destino a Dianópolis (193km asfaltados, duração média de viagem é 3h), check-in e jantar (não incluso). Pernoite em Dianópolis com café da manhã.

5º Dia – Dianópolis / Rio da Conceição / Dianópolis – Saída da pousada as 7h40 para a Cachoeira do Cavalo Queimado. Às 11:30h retorno e almoço (não incluso). Às 13h deslocamento e visitação a Lagoa da Serra e tarde livre para curtir o local. Às 17h retorno e jantar (não incluso). Pernoite em Dianópolis com café da manhã.

6º Dia – Dianópolis – Saída da pousada às 8h50 e deslocamento para a Trilha Aquática das 17 Travessias além da visitação a Cachoeira do Brejo Limpo com retorno às 12h30. O almoço (não incluso). Saída às 13:30h para realização do Boia Cross no Rio Manoel Alves. Às 16:30h iremos visitar e participar do processo de produção de farinha na Farinhada do Preto. Às 17h30 retorno para jantar (não incluso). Pernoite em Dianópolis com café da manhã.

7º Dia – Dianópolis / Almas / Ponte Alta – Saída da pousada às 5h40 com destino a Serra Negra em Almas (65km asfaltados, 70km estrada de chão, duração média de viagem é 3h30) onde faremos a trilha do Cânion Encantado por baixo. Às 12h iremos pro almoço (não incluso) e às 13h trilha na Cidade de Pedras e visitação a Cachoeira dos Pelados. Às 16h sairemos de Serra Negra em Almas com destino Ponte Alta (42km asfaltados, 51km estrada de chão, duração média de viagem é 3h). Check-in na pousada em Ponte Alta e jantar em restaurante local (não incluso), finalizando nosso roteiro das Serras Gerais. Pernoite em Ponte Alta com café da manhã.

8º Dia – Ponte Alta / Mateiros (JALAPÃO) – Saída às 8hs da Pousada Flor do Cerrado para darmos início ao roteiro no Jalapão. Nossa primeira parada é no Canyon Sussuapara, onde vamos admirar as formações arquitetônicas incríveis da natureza. Logo após, vamos para a Cachoeira da Velha, nossa segunda parada do dia. Lá os mais aventureiros podem descer as corredeiras do Rio Novo de Rafting (passeio opcional). Seguimos então para Praia do Rio Novo, onde faremos um lanche (incluso) e podemos desfrutar de uma praia de água doce a tarde. Para finalizar o dia, nossa última parada será nas famosas Dunas do Jalapão, com seu encantador pôr-do-sol colorindo tudo ao redor. Logo após seguimos para a cidade de Mateiros fazendo o check-in e jantar (incluso) na Pousada Beira da Mata. Pernoite em Mateiros com café da manhã.

9º Dia – Mateiros – Para quem escolher fazer a trilha da Serra do Espírito Santo, a saída será bem cedo, por volta das 03h30, para que consiga ver a tempo o nascer sol lá do alto (trilha opcional, R$ 150,00 por pessoa) e retornar para encontrar com o grupo. Após o café da manhã na pousada, saímos para o nosso roteiro do dia com primeira parada no Fervedouro do Buriti, onde iremos começar a descobrir os segredos dos fervedouros do Jalapão com cenário de tirar o fôlego. Depois iremos para a lindíssima Cachoeira do Formiga com suas águas cristalinas e um tom de azul inesquecível. Depois seguimos para o Fervedouro do Buritizinho, após faremos uma parada para almoço (incluso). À tarde, seguimos para o Fervedouro Encontro das Águas, onde é impossível afundar devido à forte pressão da água. Em seguida iremos ver o encontro dos rios Formiga e Sono, e depois vamos participar de uma imersão na cultura na Comunidade Mumbuca com demonstrativo da colheita do capim dourado finalizando com uma visita à lojinha de artesanatos e seu museu. No fim do dia vamos retornar para a pousada na cidade de Mateiros. Jantar (incluso) na pousada. Pernoite em Mateiros com café da manhã.

10º Dia – Mateiros / São Félix – Após o café da manhã sairemos para o Fervedouro do Rio Sono e depois o Fervedouro do Ceiça, o primeiro fervedouro do Jalapão aberto para o turismo, em seguida vamos para o Fervedouro das Macaúbas. Após esses atrativos paramos para almoçar (incluso) uma culinária local. Dando continuidade ao passeio, na parte da tarde começamos realizando uma visita na Comunidade Quilombola do Prata, podendo adquirir produtos alimentícios e artesanatos locais, depois conheceremos o Fervedouro Por Enquanto (novo!). Para encerrar o dia, vamos até o Fervedouro Bela Vista, o maior deles, que serviu de cenário para a novela “Do outro lado do paraíso”. Chegando à cidade de São Félix, realizamos check-in e jantar na Pousada Bela Vista (incluso). Sugestão de banho noturno no Fervedouro Bela Vista. Pernoite em São Félix com café da manhã.

11º Dia – São Félix / Taquaruçu – Em nossa despedida do Jalapão, começamos visitando o Fervedouro do Alecrim e depois vamos conhecer a Cachoeira das Araras, com água verde cristalina, parando para almoçar uma comida regional lá também (incluso). Em seguida, paramos para fotografias e contemplação na Serra da Catedral e finalizamos o passeio indo para o distrito turístico de Taquaruçu em Palmas até o check-in e jantar (incluso) na pousada Recanto Oriental. Pernoite em Taquaruçu com café da manhã.

12º Dia – Taquaruçu / Palmas – Último dia do roteiro. Sairemos cedo para conhecer e nos banhar nas Cachoeiras do Escorrega Macaco e na da Roncadeira, com rapel (opcional) para os apaixonados por aventura. O almoço é na Fazenda Ecológica (incluso), com passeio na Cachoeira da Arara na companhia dos guias caninos. A tarde vamos realizar uma vivência do artesanato de argila no Pote de Ouro ou a Tirolesa Voo do Pontal (opcional), a tirolesa mais alta da região norte do Brasil, com 380m de altura e 1.300m de extensão. Finalizamos o dia retornando para Palmas deixando todos em suas pousadas. FIM DOS SERVIÇOS.

Pousadas e hotéis selecionados*

Natividade – Hotel Serra Geral
Dianópolis – Mosaico Hotel
Aurora do Tocantins – Pousada Agenda 21
Dianópolis – Mosaico Hotel
Ponte Alta – Pousada Flor do Cerrado
Mateiros – Pousada Raízes do Jalapão e Pousada Buritizinho
São Félix – Pousada São Félix do Jalapão
Taquaruçu – Pousada Café da Mata

*ou similares de mesma categoria ou superior.

Obs: O pacote não inclui Hotel em Palmas. Recomendamos ficar hospedado próximo ao Shopping Capim Dourado (Sugestão: Italian Palace Hotel) ou nos arredores da Praça dos Girassóis (Sugestões: 103 Hotel & Flats, Ibis Styles Palmas, Ibis Palmas Avenida JK e Hotel Girassol Plaza). Fique atento a data da saída do seu grupo. É necessário chegar em Palmas com pelo menos 1 dia de antecedência, pois nossas saídas são pontualmente às 8hs da manhã. O mesmo acontece para a volta. Compre o voo para o dia seguinte e reserve mais uma noite em Palmas.

Valores e formas de pagamento

VALORES POR PESSOA
De 6 a 11 pessoas

Quarto Single Quarto Duplo Quarto Triplo
Valor por pessoa
R$ 7.215,00 R$ 6.600,00 R$ 6.480,00

 

Importante: Os valores apresentados são sempre por pessoa. Você pode viajar sozinho(a) sem problema algum. Poderá ficar em quarto single ou duplo com outro participante. É só escolher e me informar. Os grupos são montados por mim.

OBS. 1: Para emissão de NF é acrescido ao valor total do pacote 5% referente a ISS.

OBS. 2: Os valores apresentados são para grupos de 6 a 11 pessoas.

OBS. 3: Entrada de R$ 1.500,00 para a reserva + restante em até 5x via depósito bancário (de acordo com a data do passeio, tudo deve estar pago até 7 dias antes da data do início dos serviços).

Dúvidas sobre como reservar sua vaga

Em caso de dúvidas e/ou para reservar a sua vaga antecipadamente, faça contato comigo mesmo por telefone ou WhatsApp.

Maurício Oliveira
Cel/WhatsApp: (21) 98822-9192

👉 SEJA AVISADO QUANDO LANÇARMOS NOSSAS EXPEDIÇÕES ANUAIS

Formas de pagamento

Depósito ou Transferência: Pagamento parcial antecipado de R$ 1.500,00 via depósito bancário para confirmação do Pacote da Expedição Jalapão e Serras Gerais “Encantos do Cerrado” do Viagens Possíveis (conforme data pré-estabelecida). Pagamento do restante em até 5x via depósito bancário (de acordo com a data do passeio, tudo deve estar pago até 7 dias antes da data do início dos serviços).

C6 Bank – Banco 336
Ag. 0001
Cc. 642263-2
CPF/PIX: 083815967-26
Mauricio Gonçalves de Oliveira

Política de Alterações e Cancelamentos

Entende-se por cancelamento a desistência da viagem e/ou do serviço contratado. Solicitações de cancelamento de reserva ou serviços contratados deverão ser feitas por e-mail ou WhatsApp:

  • Pagará uma multa de 20% sobre o valor do contrato ao fazer o cancelamento dos serviços;
  • Pagará uma multa de 40% sobre o valor do contrato caso a rescisão seja feita em prazo de até 90 dias para o início dos serviços;
  • Pagará uma multa de 50% sobre o valor do contrato caso a rescisão seja feita em prazo de até 31 dias para o início dos serviços.

Regra especial durante a pandemia

– Caso o passageiro ou guia responsável pelo grupo seja impedido de viajar devido a lockdown (decretos com validade legal) no destino de moradia ou em algum dos destinos da viagem (Palmas, Natividade, Rio da Conceição, Almas, Mateiros, Taquaruçu, etc) ou por estar com Covid ou suspeita (devendo ser comprovado com teste / laudo médico) não será cobrada nenhuma multa e os valores pagos serão devolvidos integralmente ou poderão ficar como crédito em nome do passageiro para serem utilizados em até 1 ano da data da viagem original. Caso as novas reservas sejam mais caras, será cobrado o valor da diferença de tarifas.

Passagem Aérea

Como já mencionado, o valor do pacote não inclui a passagem aérea. Porém, se quiser, eu me coloco à disposição de vocês via WhatsApp para te ajudar na busca dos melhores valores e itinerários. Eu uso esse site para as minhas pesquisas e é onde costumo encontrar sempre os menores preços de passagens aéreas. Abaixo estão alguns exemplos de preços das passagens no mês da expedição (mas façam a busca no site colocando as datas desejadas de ida e volta da sua viagem):

Passagens Aéreas para Palmas
Passagens aéreas saindo de
Passagens aéreas até 30% mais baratas Encontre sua promo ⇾

Principais atrações das Serras Gerais

Lagoa do Japonês: Suas águas cristalinas são um convite a um banho refrescante e logo na entrada há um deck com uma escadinha aonde vários peixinhos vêm te receber. Os peixinhos da lagoa te lembrarão da sua existência durante quase todo o tempo em que estiver dentro da lagoa, dando “bicadinhas” e fazendo cosquinhas. A Lagoa tem uma peculiaridade interessante, de um lado tem uma cor esverdeada e do outro lado (o da caverna) é azulado.

Biscoito Amor Perfeito Tia Naninha: Produzido há mais de 100 anos, o biscoito Amor Perfeito ganha força todos os dias em uma cozinha construída no quintal da casa da doceira Tia Naninha. Ela aprendeu com a mãe e, hoje, aos 75 anos, ensina o que sabe aos filhos e funcionários.

Vale dos Pássaros: É a propriedade do Seu Davi e Dona Antônia, um casal super simpático que resolveu viver de maneira simples e isolada da civilização, não tem energia convencional e nem sinal de telefone, é uma ótima oportunidade para aprender valores como o desapego, gratidão e simplicidade, nessa propriedade é possível fazer uma trilha de 3 km, no meio de uma bela mata bem preservada e visitar as cachoeiras do Urubu-Rei e da Cortina, antes de chegar na propriedade também vamos nas duas cachoeiras por cima, proporcionando uma experiência totalmente diferente, na Borda Infinita (cachoeira da Cortina) fazemos uma ancoragem com equipamentos de rapel pra pessoa ir com segurança até a borda e fazer lindas fotos.

Rio Azuis: Com 147 metros, o rio Azuis é o menor da América Latina e o terceiro menor do mundo, o nome faz jus a sua cor, além de cristalino, azulado sua água tem uma temperatura perfeita para banho.

Prainha do Pequizeiro: Essa prainha que surge de repente no cerrado numa trilha de 1,5km, surpreende por sua beleza e seu charme peculiar, a cor da água um verde turquesa é um belo de um convite a um banho nesse paraíso natural.

Prainha do Puçá: Praia de água doce, com tons variados de azul para esverdeada, no Rio Ribeirão, sem caminhadas.

Cachoeira da Sombra: Cachoeira de queda de aproximadamente 5 metros de altura, no Rio Sombra, trilha de 1000 metros com nível médio de dificuldade.

Balneário Municipal Douradas: É o clube natural da cidade, com águas claras e calmas, apesar da correnteza. Ao chegar ao local, à esquerda está a parte do rio mais tranquila e rasa, excelente para crianças. À direita está o poço mais fundo e com mais correnteza. Ambos os lados são como prainhas, de areia branca e água translúcida.

Poço Azul: O objetivo principal dessa trilha originalmente chamada apenas de Poço Azul é chegar, obviamente, em uma curva de rio de coloração bem azul. A trilha até o poço tem 3.5 km de caminhada, considerada nível moderado.

Escorrega do Betim: Banho em escorrega natural, em pedra de lajeado inclinado que cobre o leito do rio de margem a margem.

Cachoeiras do Bacupari: Trilha composta com 3 cachoeiras, Cachoeira das Andorinhas, Cachoeira do Angico e Cachoeira do Regado e mirante, uma de maior porte e outras duas menores, em percurso de 1.5 km.

Cachoeira do Cavalo Queimado: É lá onde o rio Manoel Alves escorre sobre uma pedreira, de uma altura de aproximadamente 3 metros, formando uma cascata que compõe cenário enriquecido pela mata espessa do Cerrado.

Lagoa da Serra: A Lagoa da Serra é o cartão postal de Rio da Conceição, de águas cristalinas que reflete a cor do céu com um cenário ao fundo de impressionar qualquer um, ideal para banho com toda família.

17 Travessias: Trilha ecológica e banhos em cachoeira preservada de beleza cênica inesquecível. O passeio das 17 Travessias compreende percorrer um cânion por trilha aquática atravessando corredeiras e pequenas cachoeiras, passando por 17 piscinas naturais de água fria, no final visitamos a cachoeira do Brejo Limpo. A operação é feita com equipamentos de segurança como colete salva-vidas e capacetes, podendo tirar em pontos específicos para tirar fotos.

Cachoeira do Brejo Limpo: Com 25 metros de queda d’água, a cachoeira do Brejo Limpo é um monumento natural escondido no meio da mata, com sua água fria renova a energia do visitante.

Boia Cross: Aventura e diversão para toda a família, o Boia Cross consiste em descer o rio Manoel Alves com trechos de nível 1 e 2, podendo optar por um ou outro ou mesmo os dois.

Farinhada do Preto: A farinha é um alimento muito consumido no Norte e Nordeste do país, aqui no Rio da Conceição o visitante pode ajudar e conhecer como é o processo de fabricação no turismo de experiência.

Cânion Encantado: O Cânion Encantado é um daqueles lugares que tiram o fôlego de qualquer um, uma fenda com mais de 70 m de altura é um dos atrativos que mais impressionam por sua beleza, a trilha completa por baixo tem pouco mais de 3km, passando em algumas partes no córrego e com desnível de 70 m, geralmente gastamos de 3 à 4 horas para fazer toda a trilha, nesse trecho ainda somos surpreendidos por uma cachoeira dentro de uma caverna, com uma pequena fenda no alto que permite a entrada de luz, aqui a natureza na sua mais forma mais primitiva.

Cidade de Pedras: É como se uma grande serra (bloco de arenito) houvesse sofrido um processo erosivo no qual se formaram torres de pedra espalhadas em bloco por uma extensa área de aproximadamente 15 km². Esculpidas através do tempo, as formações rochosas tomam formas indefinidas, que, usando a imaginação podem se identificar com imagens cotidianas.

Cachoeira dos Pelados: Com uma água de cor esmeralda, a cachoeira dos pelados tem 3 quedas de água em torno de suas águas que formam uma linda piscina natural.

Principais atrações do Jalapão

Pedra Furada – Existem dois momentos legais para a visitação. O bom é chegar cedo e assistir o nascer do sol com o local completamente vazio. Com sorte verá bandos de araras e papagaios acordando junto com os primeiros raios de sol. Durante o pôr-do-sol, você pega até fila pra fazer uma foto no buraco com o sol de fundo. É lindo também, mas é preciso ter um pouco mais de paciência.

Cânion Sussuapara – Um dos lugares mais lindos do Jalapão, porém difícil de fotografar. As raízes das árvores e plantas ficam pingando água pelos paredões, formando uma parede verde viva. O cânion é curto e tem até uma escada que ajuda a chegar lá embaixo. A caminhada é por dentro d’água e no final tem uma pequena prainha de areia e pedrinhas, com uma cascatinha ao fundo.

Cachoeira da Velha + Rafting – Um paredão de pedra de 100 metros em formato de ferradura emoldura uma árvore de raízes fortes que cresceu bem no meio. O cenário é realmente impressionante. Pra chegar na Cachoeira da Velha tem uma passarela de madeira com total acessibilidade para todos. Para os mais aventureiros, é possível contratar também um passeio de rafting com descida no rio.

Prainha do Rio Novo – Cenário do filme “Deus é Brasileiro”, fica alguns quilômetros abaixo da Cachoeira da Velha e é lá onde termina o passeio de Rafting que sai da Cachoeira da Velha. O lugar é lindo e vale a pena ser visitado. Não deixe de tomar um banho nessas águas abençoadas.

Pôr do Sol nas Dunas – A energia de assistir ao pôr-do-sol nas dunas do Parque Estadual do Jalapão é indescritível. O carro deixa o turista bem perto, mas é preciso fazer uma trilha rápida, tranquila e com um cenário lindo ao redor. Dá bastante tempo pra caminhar nas dunas e fazer mil fotos antes do sol descer. Se puder, faça uma meditação para energizar.

Trilha da Serra do Espírito Santo – Esse é um passeio opcional das agências, mas para quem curte trilha é um prato cheio. O único problema é acordar às 3hs da manhã e subir a trilha bastante íngreme, porém curta, até o topo da serra. Depois disso é só curtir a paisagem e apreciar o sol nascer no horizonte. O bom desse horário é o clima ainda ameno.

Cachoeira do Formiga – Você nunca verá uma cachoeira com água tão clara, azul e morna na vida! Esse é certamente um dos lugares mais bonitos do Brasil. O carro chega pertinho e depois de uma trilha rápida você já estará na cachoeira. O poço para banho é perfeito. Tem até um deck com escadinha para subir depois.

Fervedouro do Buritizinho – É considerado um dos fervedouros mais “fofos” do Jalapão. É pequeno e intimista, porém é cercado por mata verdinha e linda. Só pode entrar uma pessoa por vez. O acesso é também bem fácil, assim como os outros. Aproveite também o riozinho que tem no caminho. Vale a pena.

Fervedouro das Macaúbas – Esse tem uma peculiaridade “eletrizante”. Ao pisar nas areias das bordas, o pé vai afundando e temos a sensação de pequenos choques. É bem legal. O deck de frente ao fervedouro oferece oportunidade para lindas fotos. E tem também um túnel de bananeiras escondido ao fundo.

Fervedouro Encontro das Águas – A pressão desse fervedouro é impressionante. Você não dá nada quando chega lá e vê o poço tão pequeno. Porém a força da água é tão grande que é impossível afundar. Mesmo rasinho, não tem como encostar o pé no chão. Bem ao lado, após uma trilha curta, tem o encontro dos rios, que dá o nome desse fervedouro. Um rio é quente e cristalino, e o outro é gelado e amarelado. Vale a pena tomar banho nos dois e brincar no “encontro das águas”.

Fervedouro do Ceiça – Esse foi um dos primeiros fervedouros abertos a visitação no Jalapão. Ele não é muito grande, e cabe no máximo 6 pessoas por vez. A entrada é por um túnel de bananeiras e boa parte dele fica na sombra. É uma delícia para se refrescar devido o calor do Jalapão.

Fervedouro do Rio Sono – Esse é um dos fervedouros mais bonitos do Jalapão! Não apenas por causa da estrutura de restaurante que ele tem, mas também pelo formato. Ele nem é tão forte, mas é tão lindo que vale a pena a visitação. E como pouca gente vai lá, está quase sempre vazio.

Fervedouro dos Buritis – Outro lindo fervedouro no Jalapão! Já viram que é difícil escolher um favorito né? Hehehe. Esse é também muito especial. Tem diversos buritis ao redor da grande nascente e um deck com escadinha todo novinho. As fotos de drone desse local ficam lindas.

Fervedouro Bela Vista – Esse fervedouro é quase uma piscina olímpica natural de tão grande! Brincadeira. Hehehe. Mas ele é um dos maiores fervedouros do Jalapão. E também é o que tem melhor infraestrutura no local. Possui restaurante e até pousada. O bom de ficar hospedado lá é que pode tomar banho a noite no fervedouro.

Fervedouro do Alecrim – Esse também é bem grande. Ele tem uma enorme saída de água, porém é bem fraquinho, mas ainda assim é lindo. Tem um caminho com deck de madeira para chegar até lá. Super acessível a todas as idades.

Cachoeira das Araras – Próximo a comunidade de São Félix tem mais uma cachoeira que fica dentro de uma fazenda com uma estrutura impressionante. Possuem inclusive comida vegana no buffet de almoço (mas tem opção de carnes também para quem preferir). A água da cachoeira é geladinha, ao contrário de todas as outras águas do Jalapão.

Morro da Catedral – Essa é uma parada rápida no meio da estrada mesmo. Ao fundo um enorme monolito se desprendeu do morro devido a erosão das chuvas e vento, formando um paredão quase reto, com o formato de uma catedral. É lindo e impressionante.

Serra do Gorgulho ou Serra Vermelha – Esta é a despedida oficial do Jalapão. Se tiver tempo, tente parar no único barzinho próximo e fazer uma trilha curta até o topo da serra para assistir a um lindo pôr-do-sol. A serra que já era vermelha fica pegando fogo com as cores do sol. Uma bela forma de dizer: “Até breve, Jalapão”.

OBSERVAÇÕES IMPORTANTES

NOTA I: A programação acima pode sofrer alterações devido a fatores climáticos, de acesso, ou outros que a agência julgue poder interferir na segurança ou bem-estar dos clientes.

NOTA II: Horários de passeios e traslados são brevemente informados em seus vouchers de reserva.

NOTA III: Fique atento a data da saída do seu grupo. É necessário chegar em Palmas com pelo menos 1 dia de antecedência, pois nossas saídas são pontualmente às 8hs da manhã. O pacote não inclui Hotel em Palmas. Recomendamos ficar hospedado próximo ao Shopping Capim Dourado (Sugestão: Italian Palace Hotel) ou nos arredores da Praça dos Girassóis (Sugestões: 103 Hotel & Flats, Ibis Styles Palmas, Ibis Palmas Avenida JK e Hotel Girassol Plaza). O mesmo acontece para a volta. Compre o voo para o dia seguinte e reserve mais uma noite em Palmas.

NOTA IV: Para a viagem acontecer, precisamos de um mínimo de 6 e máximo de 11 pessoas.

OBS: A agência não se responsabiliza por fatores climáticos que causam em determinadas épocas do ano o nível baixo de água e seca das cachoeiras.

O programa inclui

– Traslado de Palmas até as cidades das Serras Gerais e de lá até Ponte Alta
– Traslado de Ponte Alta até as cidades do Jalapão e de lá até Palmas
– Traslado em veículos 4×4 durante todo o trajeto nas Serras Gerais e Jalapão
– Guias locais conhecedores da região e equipamentos de segurança quando necessários
– Seguro Ecotrip pro trecho Serras Gerais e Seguro Porto Seguro pro trecho Jalapão
– Ingressos em todos os atrativos mencionados
– Lanche de Bordo (quando necessário)
– Refeições indicadas no roteiro (na parte do Jalapão)
– Pernoites com café da manhã nas pousadas das Serras Gerais e Jalapão

Não inclui:
– Aéreo e Taxas de Embarque
– Despesas de ordem pessoal
– Passeios opcionais e não mencionados
– Refeições não mencionados no roteiro
– Hospedagem em Palmas

Transfers terrestres

Todos os veículos são permanentemente vistoriados e estão em dia com as especificações da ANTT.

Guias

Guias locais, conhecedores da região.

Segurança

O trajeto foi todo calculado com os possíveis imprevistos, temos um monitoramento na base de Rio da Conceição e Palmas e um plano de emergência para qualquer eventualidade. Trabalhamos com a minimização dos impactos, respeitando sempre a cultura local.

Arrumando a Mala – Dicas do que levar

Separei para vocês alguns produtos que podem ser muito úteis nessa e em outras viagens. São vestuários, equipamentos e acessórios da Decathlon e Columbia. Comprando pelos links abaixo, vocês ganham 10% de desconto (em todo o site da Columbia).

Mochila pro dia a dia
Bolsa de Viagem (de ombro) ou mala pequena
Camisa Manga Longa Columbia
Calça leve ou Calça-Bermuda Columbia
– Bermudas e Shorts
– Roupa de banho
Boné UV ou Chapéu UV
Sapatilha Aquática
– Chinelo, crocs ou papete
Equipamento de mergulho/snorkeling
Roupas com proteção UV na Decathlon
Linha de Produtos Masculinos da Columbia
Linha de Produtos Femininos da Columbia
Acessórios extras da Columbia
Tênis Yuool (Ganhe 50 reais de brinde)

Informações Úteis

– Voltagem: A rede elétrica na região é de 220V.

– Viaje leve! Uma bolsa pequena/média de até 20 litros e uma mochila pro dia a dia é suficiente para essa viagem. Acredite! Malas rígidas de rodinha te darão dor de cabeça em alguns lugares. Se puder, evite;

– Sugestão do que levar na mala: tênis híbrido (ideal para trilha seca e aquática), bota para trekking (ideal para trilha seca), sapatilha de neoprene, ideal para trilha aquática, camisas leves de secagem rápida, calça-bermuda ou calça leve para trilhas (pode ser legging para mulheres), roupa de banho, protetor solar, repelente, chinelo, toalhas de secagem rápida;

– Proteção contra o sol: protetor solar, chapéu/boné, óculos escuros, peças com proteção UVA/UVB;

– Os bancos disponíveis nas Serras Gerais estão na cidade de Dianópolis (Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Banco da Amazônia e Bradesco). NÃO há Caixa 24 Horas em nenhum local. Se possível retire dinheiro em Palmas ou na sua cidade de origem.

– A operadora que pega em todas as cidades grandes é a CLARO (nos atrativos não há sinal de celular) e eventualmente VIVO;

– Há Wi-Fi em todas as hospedagens, porém o sinal pode ser fraco dependendo do dia e quantidade de pessoas conectadas;

– A alimentação não está inclusa no trecho das Serras Gerais e custam de R$ 15,00 a R$ 30,00. Indicaremos os locais que sejam mais próximos para otimizar os passeios. No Jalapão as refeições mencionadas estão inclusas, sem bebidas;

– Quando não houver restaurantes (áreas remotas), será indicado um local para adquirir o lanche de trilha;

– O turista deve levar dinheiro em espécie para custear alimentação nas cidades de Almas, Aurora e Pindorama;

– Não é permitido levar comida ou bebidas paras as Hospedaria Quintal de Casa e Agenda 21;

– Hidrate-se, sempre leve água mineral;

– Não esquecer: óculos de natação ou de mergulho (se desejar), toalha, câmeras fotográficas, carregadores, baterias extras, chinelos, repelente e protetor solar.

FAÇA A SUA RESERVA!
Maurício Oliveira
Cel/WhatsApp: (21) 98822-9192

👉 SEJA AVISADO QUANDO LANÇARMOS NOSSAS EXPEDIÇÕES ANUAIS